par-ideal

Dicas para conquistar o par ideal

Afinal, o que as pessoas procuram no “par ideal”? Par perfeito é companheirismo e parceria.

Os opostos se atraem?

As características de personalidade se compõem e se completam das mais diversas maneiras, nos mais diferentes aspectos. Já um sujeito que não possui tais características, dificilmente irá encontrar seu par ideal em uma pessoa com personalidade totalmente oposta, pois tende a preferir o conhecido, algo mais estável.

Idealizar o “par perfeito” não é ruim?

A idealização faz parte de qualquer relacionamento e é necessária até para que desperte o interesse pelo outro. Porém, nem sempre aquilo que a pessoa deseja é uma característica do seu par ideal. A questão da paixão, atração física, desejo e mesmo do amor, vai além do par ideal. O amor e a paixão são inconscientes, são frutos de nossas relações afetivas primárias e estão relacionadas com nossas experiências infantis, com a forma como nos colocamos no mundo, nossa maneira de criar e manter vínculos, lidar com nossas frustrações e nossas faltas. Só amamos alguém e nos dedicamos a esse alguém quando nos damos conta e aceitamos que não somos completos, que temos nossa falta, nossos buracos. E o pedido mais comum é por alguém que complete e minimize as dificuldades pessoais.

Lembre-se também que a primeira impressão é a que fica.

Na hora de conquistar um novo amor, a imagem também contribui bastante. Tanto que cientistas afirmam que, nos primeiros 30 segundos de um encontro, a mente humana é capaz de formular até 200 impressões. As pessoas podem impressionar no primeiro momento pela aparência física, pelas roupas que veste, mas também pelas expressões faciais e corporais.

Boa sorte!