A influência das fases da Lua na sexualidade

A Lua é responsável por grandes alterações emocionais em todos nós. Este astro tão importante e poderoso tem grande responsabilidade no comportamento das pessoas, na sensibilidade de cada sentido e, também, na sexualidade de cada um.

Cada fase da lua influencia de uma forma diferente, umas com mais, outras com menos potencialidade e intensidade.

Lua Nova
Durante a Lua Nova, nem tanto os prazeres carnais ganham força, mas o romance, o aconchego e o carinho são as principais necessidades da mulher. Elas se sentem mais sensíveis e, por isso, a intimidade deve ser praticada de forma mais carinhosa, delicada e atenciosa. Isso, no entanto, não significa que a ação deva ser pouca. Se excitados da maneira correta, o casal pode aproveitar uma noite mais tranquila, porém muito prazerosa.

Lua Crescente
A Lua é Crescente e a vontade sexual cresce junto. O clima esquenta e a vontade de inovar aumenta. Este é o período perfeito para testar coisas novas, novas posições, novos lugares, novos estilos. Vale o experimento de tudo que o casal esteja disposto e se sinta confortável para tentar, pois é na Lua Crescente que nos encontramos mais receptíveis para o novo. Aproveite a vontade de ter novas experiências sexuais para realizar fantasias. Com certeza, essa fase passará longe da monotonia!

Lua Cheia
A Lua Cheia representa o ponto mais alto do apetite sexual. Aqui, a intensidade nos momentos de intimidade é extrema e, aparentemente, a disposição física é infinita. Há, porém, um aspecto que precisa ser observado: a vontade de viver novas aventuras pode ser aproveitada de forma boa, ou ruim. Para que não hajam traições (porque a vontade pode se manifestar), invistam em relações em locais onde haja o risco de serem pegos, para aumentar a emoção, ou qualquer outra coisa que sacie a vontade de viver o proibido.

Lua Minguante
A Lua Minguante traz consigo o período mais calmo e sereno para o apetite sexual. Na realidade, o sexo pode ficar, inclusive, em segundo ou terceiro plano e outros assuntos aparecem no topo da lista, como família, dinheiro e carreira profissional. Não há problema algum nisso, o importante é não permitir que a distância, que de fato está mais presente nesse período, seja motivo para o casal se afastar emocionalmente e sentimentalmente. A vontade de se relacionar sexualmente é mais amena, é verdade, mas não deixem de se relacionar, pois o contato íntimo é importante para manter o calor da paixão.